01 dezembro 2017

Uma sábado qualquer

Hoje é sábado e eu acordei com um vazio enorme! 
Hoje é sábado e eu só queria me arrumar e sair com meu amor, mas o meu amor está com outra pessoa até porque ele pertence a outra. 
Então já que eu não tenho você, já que eu não tenho nada eu só vou seguir a vida! 

Hoje é sábado, um sábado ensolarado por sinal, hoje eu acordei cedo e me arrumei, abri o armário e peguei o vestido mais bonito, lavei o cabelo o penteie com o melhor creme , fiz a maquiagem mas leve que podia e me olhei no espelho orgulhosa. Arrumei minha bolsa e calcei meu par de tênis brancos, escovei os dentes, passei o batom mais bonito que tinha e me finalizei com meu perfume mais caro. 
Hoje nesse sábado vou sair comigo mesma, vou ter um encontro comigo mesma, vou ir ao museu e ao zoológico e no fim da tarde vou dar uma volta na feira. 
Quando o por do sol chegar vou pegar meu caminho de volta para casa tendo a certeza de que esse sábado foi o melhor da minha vida, talvez quando eu entrar no ônibus ou atravessar uma rua vou pedir um pouco a Deus para acontecer algo, um atropelamento ou uma batida talvez, nada muito grave nada que machuque outras pessoas, só gostaria que algum desses acontecimentos me matassem para eu poder levar esse sábado comigo eternamente! Para ter essa certeza de felicidade uma última vez. 
Mas no fim eu vou voltar para casa e vou me desarrumar, vou deitar na minha cama depois de um bom banho e vou lembrar que passei o sábado sozinha, talvez eu chore um pouco para aliviar minha solidão ou talvez eu só vá dormir esperando não acordar, num todo eu vou sentir um vazio, vou sentir falta de algo ou alguém e esse alguém vai estar com outro alguém e toda essa história não vai simplesmente passar de uma história criada pela minha mente.

Sthephanie Martins
Leia também: A VIDA TAMBÉM QUER O SEU FIM

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário